Sobre

Sou mais grão de areia do que deserto e, neste contexto, meu objetivo em escrever é semear
o sentir.

Eu sou a Gabriela, ou de preferência Gabi. Sou capricorniana nascida em 1994 no Rio de Janeiro, mas hoje em dia moro em Petrópolis, na serra carioca.

Minha trajetória profissional começou com a graduação em Turismo, tendo trabalhado na área por alguns anos e inclusive embarcada em navios de cruzeiro, por um ano.

Com a pandemia, já insatisfeita com o mercado de minha formação, me pus a fazer o mesmo que muita gente nesse período: reavaliar as escolhas da vida. Assim, decidi migrar de área e abracei a escrita e as suas variações, que me acompanhava desde a adolescência, como forma também de pagar boletos. Reencontrei uma paixão antiga e comecei a atuar com a flexibilidade laboral que aprendi a valorizar muito.

Comecei a estudar sobre tradução (um ofício no qual já tinha feito uns freelas enquanto trabalhava com turismo) e preparação literárias, e hoje é isso que faço em tempo integral, trabalhando com editoras e autores independentes. Também sou pós-graduanda em Produção Editorial pela Labpub.

Além disso, sou escritora. Comecei publicando de forma independente na Amazon um livro de poesia, mas hoje foco em escrever ficção contemporânea, sobretudo com o protagonismo de mulheres pretas, e sou representada pela agência Afeto.

Minhas obras até o momento são Quando sentir, escreva, Ainda Bem que Temos o Charme, Poeira Estelar e O futuro da minha história; todas estão disponíveis na Amazon e no Kindle Unlimited. Também contribuí com dois poemas para a antologia Literatura Negra Feminina – Poemas de (Sobre) Vivência, organizada pelo Coletivo Mjiba, disponível para compra na Amazon e na livraria virtual Africanidades.

Acredito na literatura como uma ferramenta para iniciar conversas que provocam mudanças e acolhem desabafos de quem nunca foi ouvide, e meu trabalho autoral sempre reflete isso de alguma forma.

cursos, workshops & certificações

  • Pós-graduação em Produção Editorial | LabPub (2022 – atual)
  • Oficina de tradução de poesia com Paulo Henriques Britto | Biblioteca Mário de Andrade (2023)
  • Oficina de tradução literária | Pretexto (2023)
  • Workshop de versão literária (português > inglês) | tradutora Alison Entrekin (2022)
  • Curso de formação de tradutor de livros | LabPub (2021)
  • Curso de preparação e revisão: o trabalho com o texto | Unesp (2021)
  • LabPrep – Laboratório de preparação de texto | editora Beatriz D’Oliveira (2021)
  • Laboratório de escrita | editora Beatriz D’Oliveira (2020)
  • Mentoria de tradução literária | tradutora Débora Isidoro (2020)